Destruction em São Paulo no Via Marquês

Publicado em 17/02/2013

DESTRUCTION
03/02 - São Paulo/SP
Via Marquês

Por Cyntia Marangon
Fotos: Cyntia Marangon e Henrique Pimentel


No último dia 03/02, São Paulo recebeu mais uma vez os Alemães da banda Destruction. O evento ocorreu na casa de shows Via Marquês. Duas bandas brasileiras foram convidadas para participarem da abertura deste espetáculo.

A primeira a se apresentar, enquanto o público entrava aos poucos no local, foi a banda Nervosa. Apesar do show curto, as meninas mostraram mais uma vez a força do público feminino representando o metal, com um thrash metal de primeira linha. Com uma energia única, Fernanda, Prika e o baterista Amílcar Chistófaro, que está substituindo a baterista Jully Lee provisoriamente, empolgaram o público de maneira única. Fernanda sempre irreverente e com seu carisma, procurou interagir com os fãs durante toda a apresentação.

Logo menos, sem atrasos, a próxima banda Genocídio subiu ao palco para continuarem as atividades. Os veteranos, que já completaram 25 anos de estrada, apresentaram uma de suas músicas novas “Reverse” que estará no novo álbum que ainda será lançado este ano. Algumas músicas como Pilgrim, Numbness Sunshine, The Sphere Of Lilit, foram marcantes durante a apresentação, e claro, não poderia deixar de mencionar a empolgação dos fãs com o cover de Black Metal, realmente tiraram o folego dos fãs e mataram um pouco da ansiedade dos mesmos.

Claro que os fãs mal podiam esperar pelo o que ainda estava por vir, e por volta de 20:30 finalmente os alemães subiram no palco para mostrarem o mais puro e verdadeiro thrash metal. Logo de cara abriram com Thrash Till Death, seguido por Spiritual Genocide e Nailed to The Cross, realmente muitos dos fãs, já entraram em êxtase! Não tenho palavras para explicar este set list matador, onde músicas foram selecionadas “a dedo” em virtude da comemoração de aniversário da banda de 30 anos. Logicamente não é para menos, todo o público notou a empolgação de Schmier e Mike trocando os lados do palco constantemente.

Após uma pausa, tivemos um solo do novo baterista Vaaver, onde os fãs deliravam, e em seguida, aos primeiros acordes de Tormentor fez o público criar um enorme circulo em frente ao palco. A interação e carisma de Schmier foi tanta, onde em um momento descontraído o alemão disse “uma cerveja, por favor”, realmente foi sensacional!! Após isso, tivemos vários clássicos, como Total Desaster e Bestial Invasion, que também foram marcantes.

Em um dado momento, onde a banda se retirou, após a música Bestial Invasion, muitos acharam que havia acabado, mas a banda voltou para executar um bis com Curse the Gods. Contudo, tivemos uma apresentação memorável, muitos fãs aplaudiram e certamente saíram satisfeitos, e ansiosos para a próxima vinda da banda.

Agradecimentos: A Rock Brigade, A Damaris Hoffman e Baffo Neto.

Setlist:

1. Thrash Till Death
2. Spiritual Genocide
3. Nailed to the Cross
4. Satan’s Vengeance
5. Mad Butcher
6. Carnivore
7. Eternal Ban
8. Life Without Sense
9. Cyanide
10. Antichrist
11. Solo Bateria
12. Tormentor
13. Hate Is My Fuel
14. Death Trap
15. The Butcher Strikes Back
16. Total Desaster
17. Bestial Invasion
Bis:
18. Curse the Gods

NERVOSA







GENOCÍDIO


Por Henrique Pimentel

DESTRUCTION



Autor: Cyntia Marangon