Arkona em Porto Alegre no Beco

Publicado em 15/12/2013

Banda: ARKONA
Local: Porto Alegre @ Beco
Data: 02/12/2013
Resenha: Marianna Bischoff
Fotos: Sophia Velho


Mais uma noite memorável para a cena Folk de Porto Alegre. A banda eslava, Arkona, subiu aos palcos da capital gaúcha pela primeira vez. Em 2012 houve uma data para a banda se apresentar em Porto Alegre, porém foi cancelado e transferido para uma cidade de Minas Gerais.






Esse ano, o show que seria no dia 28/11, quinta-feira, novamente foi transferido por complicações no vôo de Santiago-Chile, mas felizmente uma nova data foi adicionada para o dia 02/12, segunda-feira.

Com cerca de 30 minutos de atraso, a banda eslava entrou ao palco do Beco 203 por volta das 21h30, logo após da faixa instrumental “Az”. A vocalista Masha “Scream” Archipova da boa noite para o público em russo (nenhum integrante da banda sabe falar inglês) e começa o show ao som de “Arkaim”, do seu último álbum de estúdio, “Slovo” (2011). As próximas faixas foram “Zakliatie” e “Pemiat”, que também pertencem ao último CD.



São muitos os elogios que podemos atribuir à Masha: simpatia, carisma, uma forte expressão facial/corporal, a brutalidade tanto na forma de cantar, como de se comunicar com os fãs, que do começo ao fim interagiu constantemente com a platéia, assim como o restante da banda. O grande público presente retribuiu reciprocamente, ora cantando os refrões das músicas, ora gritando o nome da banda.



A próxima música seria uma grande conhecida do público: “Goi, Rode, Goi” faixa que faz referência a Rode, um antigo Deus dos povos Eslavos, considerado o criador do universo. A homônima faixa, “Arkona”, foi a próxima canção, seguida de “Slav'sja, Rus'” e “Kolo Navi”.



Logo após a última música, o responsável pelos instrumentos folclóricos, Vladimir "Artist" Sokolov, proporcionou um momento incrível aos fãs que ocasionou o primeiro mosh pit do show: um solo de gaita fole, cru e nu, certamente um dos marcos do show.

A vocalista Masha começa a organizar um wall of death durante um instrumental da banda, e logicamente, o publico aderiu ao convite sem pensar duas vezes. Enquanto os fãs se esmagavam e se jogavam uns aos outros , Masha se junta a banda novamente e começam uma performance de dança folclórica bem excêntrica, que seguia com o instrumental com os instrumentos típicos do gênero Folk Metal.





O show parecia estar no final, os sets curtos já são uma característica da banda, que normalmente nunca passam de 15 músicas. Apesar das poucas músicas, a banda proporciona uma qualidade sonora incrível ao vivo tão semelhante quanto as gravações de estúdio. As próximas e últimas músicas foram: Maslenitsa", "Po Syroi Zemle", "Stenka na Stenku” e para encerrar, “Yarilo”, um dos maiores sucessos da banda e "Kupala i Kostroma".
Sem bis, a banda saiu do palco por volta das 22h30, com certeza de que proporcionaram uma grande noite para os fãs.



Setlist:

Az'
Arkaim
Ot Serdtsa k Nebu
Goi, Rode, Goi!
Zakliatie
Pamiat
Arkona
Slav'sja, Rus'!
Kolo Navi
Maslenitsa
Po Syroi Zemle
Stenka na Stenku
Yarilo
Kupala i Kostroma