Maniacs Metal Meeting 2018 em Rio Negrinho/SC

Publicado em 20/12/2018

     

MANIACS METAL MEETING em Rio Negrinho/SC
30/11, 01 e 02/12 de 2018
Fazenda Evaristo

Texto e Fotos: Raul Mateus Noering e Priscila Ramos



Este é o segundo ano que o Agenda Metal marca presença no Maniacs Metal Meeting em Rio Negrinho-SC, o primeiro foi em 2016 (confere a resenha aqui: http://agendametal.com.br/Noticia/7509).

A equipe chegou na Fazenda Evaristo, mesmo lugar que aconteceu as duas primeiras edições, por volta das 21h de sexta-feira. Chegamos no festival na hora em que estava tocando Dominus Praelii, banda londrinense de heavy metal. Já haviam tocado as bandas Verbal Attack de Jaraguá do Sul e Flageladör, grande nome do underground nacional. Logo em seguida veio a banda Velho, banda de Black Metal do Rio de Janeiro e fizeram uma ótima apresentação juntando boa parte do público. Ainda na sexta-feira passaram pelo palco as bandas Rebaelliun, 7 Peles, Still Life e Lacrimae Tenebris. Destaque para a banda Still Life de Florianópolis que esse ano completa 20 anos de estrada, e que mesmo estando inativos por alguns anos estão fazendo alguns shows para celebrar a data, um belo presente para os fãs das antigas.

As apresentações aconteceram dentro do salão principal, a estrutura do palco estava impecável juntamente com o sistema de luz e som. Havia pit para fotógrafos e isso facilitou bastante a cobertura da imprensa.

 


Rebaelliun

 


Velho

 

    
Dominus Praelii

 


Still Life

 

    
7 Peles

 


No sábado os shows começaram por volta das 12h30 com a apresentação do músico Rope Bunny no estilo "one man band" e empolgou o público presente. Depois veio a banda Grimpha de Curitiba com um Death Metal pra ninguém colocar defeito. Logo em seguida subiu no palco a banda Symmetrya de Joinville com um som de qualidade e então se apresentou a banda Eskröta com suas letras antifascistas. Ainda no sábado no final da tarde e começo da noite se apresentaram as bandas CrotchRot, Rot, Paradise in Flames, Cemitério e Creptum. Destaque para a banda Creptum de Black Metal de São Paulo que fez um setlist memorável e apresentação impecável sendo muito elogiada após o show. Tocaram ainda as bandas Facada, Murder Rape, The Evil, Sad Theory, Trator BR, Opus Tenebrae. Um grande destaque da noite foi a apresentação marcante da banda de black metal Murder Rape de Curitiba que já estava há 14 anos sem fazer shows. Outro destaque foi a banda de doom The Evil vinda diretamente de Minas Gerais. O som sombrio, seus trajes que não revelam sua identidade e os vocais líricos da vocalista Miss Aileen surpreenderam.

No sábado ainda houve, como atração extra, a apresentação do grupo Falak's que aconteceu no lado de fora do salão, uma apresentação envolvente unindo dança do ventre e fogo. Ainda falando de atração extra, na sexta e no sábado durante o intervalo entre uma banda e outra, a dançarina Priscila Gunn fez uma performance no estilo "strip chic" para o público presente.


 


Grimpha

 


Symmetrya

 


Eskröta

 


Cemitério

 


Creptum

 


CrotchRot

 


Facada


Murder Rape

 


The Evil

 

    
Sad Theory

 

Infelizmente foi cancelado o show da banda Holocausto que se apresentaria no sábado. A baixa se deu em função do cancelamento do voo com a companhia aérea. Uma baita falta, mas sabemos que esse tipo de problema pode acontecer e que nada tem a ver com a organização ou a banda que não mediram esforços para tentar reverter a situação. Em função desse cancelamento houve algumas alterações no cronograma de apresentações. 

No domingo os shows começaram por volta 11h com os catarinenses do Deadnation. Logo em seguida subiu ao palco a banda Decadência com um som folk, e, a banda de apenas dois integrantes, agitou o público presente. Também tocaram no último dia de festival as bandas Wargore, Offal, Hutt e, fechando o Maniacs, a banda Sextrash.

 


Deadnation


    
Decadência


Em relação à estrutura, o evento novamente não deixou a desejar e continuou com o mesmo padrão de qualidade desde a primeira edição, inclusive sendo comparado a festivais internacionais. Novamente foi utilizado as pulseiras RFID, sendo que era feito um cadastro individual e cada um recebia uma pulseira com um código único e era necessário colocar crédito em sua pulseira para efetuar compras no local (bebidas e comidas). Houve alguns momentos em que a internet caia e o sistema ficava fora impossibilitando qualquer tipo de compra, acreditamos que isso deva ser revisto para a próxima edição. Banheiros limpos, opções de comidas (inclusive para vegetarianos e veganos), almoço com Buffet livre, bebidas, diversas lojas participantes com vendas de artigos, merchandising oficial do Maniacs Metal Meeting, opções de lazer como tirolesa e rapel, segurança e pronto atendimento de plantão e, claro, um vasto espaço verde para acampamento, tudo muito organizado. Vale fazer um adendo sobre o bar, esse ano a organização resolveu deixá-lo aberto por 24 horas durante todo o evento já que o mantra "Abre o Bar" viralizou nas redes sociais e, inclusive, virou até estampa de uma das camisetas oficiais do Maniacs, porém em muitos momentos a equipe do bar não dava conta da demanda formando filas, muitas vezes em função do sistema que estava lento por causa da oscilação da internet, acreditamos que é outro ponto a ser revisto.

Na sexta-feira o tempo ficou encoberto e teve algumas pancadas de chuva, porém no sábado e no domingo o sol predominou e a temperatura foi típica da serra catarinense para o mês de dezembro, calor durante o dia e fresco durante a noite, ou seja, o clima contribuiu e muito para a alegria de todos.

 










O que não podemos deixar de comentar é sobre a impecável organização da equipe de imprensa do MMM que desde o início prestou um excelente suporte e nos abasteceu com todas as informações necessárias para o desenvolvimento do trabalho.

Enfim, foram 3 dias de muito metal, encontro entre amigos e muita cerveja em meio a natureza. Desejamos vida longa ao Maniacs Metal Meeting e que tenha muito fôlego para muitos anos de festival. O Agenda Metal agradece a parceria e espera contribuir com a cobertura nas próximas edições.

 

FOTOS

    
 

7 PELES




 

CEMITÉRIO




 

CREPTUM

    

 

CROTCHROT

    


DEADNATION




DECADÊNCIA

    


DOMINUS PRAELLI

    

 

 

ESKROTA

    

 

FACADA

    


GRIMPHA

    



MURDER RAPE

    

 

REBAELLIUN


ROPE BUNNY

    


SAD THEORY

 

 

STILL LIFE

    

 


SYMMETRYA

    


THE EVIL

     

VELHO

      


WARGORE