data-ad-client="ca-pub-9371512119858190" data-ad-slot="5580438127" data-ad-format="link" data-full-width-responsive="true">

Overkill em São Paulo

Publicado em 06/04/2010
OVERKILL
19 de março de 2010 - São Paulo/SP
Clash Club


Por Gustavo Peres

Depois de alguns anos estou de volta para ouvir uma das bandas mais memoráveis de thrash metal dos anos 80 comemorando seus 25 anos de estrada, ao chegar ao clash club local do show que ainda não conhecia, me deparo com um palco muito pequeno que chegou a me assustar pelo o que a banda representa, mas pude me certificar depois que isso acabou não sendo um problema para o Overkill, pois bem, a casa é bastante agradável, banheiros limpos, um lugar agradável para show tirando mesmo o tamanho do palco. Por volta das 19:40 com a casa ainda não totalmente lotada sobe ao palco a banda de abertura “Machinage” que me agradou muito e fizeram por merecer estrarem ali dividindo o palco com o Overkill, com um thrash metal bem agressivo a banda mostrou que devemos prestar bastante atenção no futuro desse quarteto de Jundiaí, eles conseguiram prender a atenção do publico tocando musicas de sua autoria uma atrás da outra com destaque para “Next Victim, Mask Behind Some Lies e Tides of War” a banda está atrás de um selo para lançar seu debut CD e ainda não tem previsão para lançamento. Por enquanto a banda pode ser conferida no [url]www.myspace.com/machinage[/url]. (eu recomendo!!!)

As 21:15, já com a casa cheia, o Overkill sobe ao palco levando o publico ao delirio abrindo com “The Green And Black” de seu recém lançado álbum Ironbound e ali começavam uma das primeiras rodas que iria haver durante todo o show. O show trazia muita energia com o carismatico Bobby “Blitz” Ellsworth e o público deliravam em clássicos como “Wrecking Crew”, “Feel the Fire”, “Overkill” e “Elimination”, mas o ponto mais alto e, digamos, hino da noite foi quando todos cantaram “In Union We Stand” mostrando mesmo o bom e nem tão velho Thrash Metal.

Para o BIS emendaram a clássica “Fuck You” com um cover de “Overkill”, do Motörhead, que fez com que o público abrisse a última e grande roda da noite.
Para os que foram tiveram a oportunidade de ver que o bom Thrash está vivo e ainda fará muitas cabeças baterem por anos.

Setlist Machinage:

Next Victim
Envy
Anguish
Mask Behind Some Lies
Cold 3rd War
Is This The Way
Tides of War

Setlist Overkill:

The Green And Black
Rotten To The Core
Wrecking Crew
Battle
Hello From The Gutter
Feel The Fire
Ironbound
In Union We Stand
Bare Bones
Gasoline Dream
Overkill
Bring Me The Night
Elimination
Bis
Necroshine
Old School
Fuck You / Overkill (cover Motörhead) / Fuck You