data-ad-client="ca-pub-9371512119858190" data-ad-slot="5580438127" data-ad-format="link" data-full-width-responsive="true">

Megadeth em São Paulo

Publicado em 11/05/2010
MEGADETH
24 de abril de 2010 - São Paulo/SP
Credicard Hall


Por Ronaldo Chavenco
www.coredump.com.br


Assistir à um show do Megadeth é sempre uma experiência prazeirosa, pois a banda é sempre eficiente e possui um vasto repertório de clássicos do Heavy Metal. Desta vez a banda veio ao país para a comemoração de 20 anos do lançamento de “Rust In Peace” e portanto está executando este disco na integra, o que convenhamos é jogo ganho, pois o disco é ótimo e contém pelo menos 4 grandes clássicos da banda, e os outros sons são sem dúvida matadores. Um outro ponto que marca esta vinda ao país é a volta do grande David Ellefson ao baixo, o que tenho que concordar que faz sim muita diferença, pois além de tocar muito e possuir um grande carisma com a público, ele é um dos membros originais da banda e ajudou a construir o que o Megadeth é hoje.

Pouco antes de começar o show já se via um Credicard Hall abarrotado de gente e no fundo do palco foi colocada a capa do clássico “Rust In Peace” e os lados da bateria foram cobertos com tapumes que seguiam a temática deste disco.
Eram 22 hs em ponto quando no P.A. começa a tocar a música "Black Sabbath" (você sabe de quem), e um à um, os integrantes da banda vão entrando no palco até a surgir o lendário Dave Mustaine, caminhando com muita calma até o centro do palco daí já abrindo o show com a instrumental “Dialectic Chaos” e na cola já tocando “This Day We Fight” (ambas do novo disco “Endgame”). Na sequência já começam o desfile de clássicos com “In My Darkest Hour”, “Sweating Bullets” (esta um petardo sempre), “Skin O'My Teeth” e a partir daqui frente executam de cabo à rabo o disco “Rust In Peace” na sequência em que ele foi gravado, começando com “Holy Wars - The Punishment Due” (Simplesmente maravilhoso ouvir essa ao vivo) e ao terminar a execução da música “Rust In Peace... Polaris”, Mustaine declara “Este foi o Rust In Peace...Obrigado” . Mas o show ainda não tinha acabado e eles mandam mais sonzeras. “Trust” (Fantástica), “Head Crusher” (A melhor do disco novo), “The Right to Go Insane” (Também do disco novo) , “She Wolf” (Uma das melhores músicas do metal na minha opinião) e fechando com a mais do que clássica “Symphony Of Destruction”.
Para o Bis voltam com “A Tout Le Monde” (Linda balada) e fecham o show com “Peace Sells...But Who's Buying?” exatamente à meia noite, após 2 horas de show, selando esta como uma apresentação no mínimo memorável.

O Megadeth é para mim uma das 10 maiores bandas de todos e tempos e sempre que os assisti (esta é a quinta vez), eles vieram ao Brasil com uma formação diferente na banda. Hoje a banda é formada por Dave Mustaine (Vocal e Guitarra), David Ellefson (Baixo), Chris Broderick (Guitarra) e Shawn Drover (Bateria). Depois de ver este show posso dizer que esta formação não fica devendo nada á nenhuma formação anterior (nem a chamada “Clássica”), tendo executado todas as músicas com perfeição e o melhor de tudo, com uma paixão explícita por estar ali fazendo este show. Um dos grandes destaque da banda é sem dúvida o guitarrista Chris Broderick que é um virtuoso na guitarra e é talvez o melhor guitarrista que o Megadeth já teve.

Sem dúvida mais um show clássico para entrar para a história desta grande banda e sendo que em 2012 o disco “Countdown To Extinction” (na minha opinião o melhor disco deles) completa 20 anos...bem que eles poderiam voltar e executar este na integra por aqui também.

Set List:
1. Dialectic Chaos
2. This Day We Fight
3. In My Darkest Hour
4. Sweating Bullets
5. Skin O'My Teeth
6. Holy Wars - The Punishment Due
7. Hangar 18
8. Take No Prisoners
9. Five Magics
10. Poison Was The Cure
11. Lucretia
12. Tornado of Souls
13. Dawn Patrol
14. Rust in Peace...Polaris
15. Trust
16. Head Crusher
17. Right to Go Insane
18. She Wolf
19. Symphony of Destrucion

Bis
20. A Tout Le Monde
21. Peace Sells...But Who's Buying?