data-ad-client="ca-pub-9371512119858190" data-ad-slot="5580438127" data-ad-format="link" data-full-width-responsive="true">

Manowar em São Paulo

Publicado em 12/05/2010
MANOWAR
07 de maio de 2010 - São Paulo/SP
Credicard Hall


Por Ronaldo Chavenco
www.coredump.com.br


No longínquo ano de 1998 (longínquo sim, afinal foi no século passado) eu tive a oportunidade de ver um show do Manowar no extinto festival Philips Monsters of Rock e, ao contrário do Dream Theater, o Manowar não havia voltado à tocar aqui no Brasil. Naquela época o show do caras foi o show com volume mais alto que eu havia presenciado até então (O volume estava tão alto que chegou a estourar alguns alto-falantes), tocaram clássicos e mais clássicos e acabaram fazendo um dos melhores shows do festival.

Passados 12 anos da ultima apresentação do Manowar, a expectativa para este show estava altíssima. E sendo que faz todo esse tempo que a banda não pisa no Brasil e sendo também o Manowar uma banda que “prega” que coloca seus fãs acima de tudo, estavamos esperando pelo menos que tocassem os clássicos mesclados com músicas dos últimos discos. Porém não foi o que aconteceu....
Este ano a banda está excursionando na turnê batizada de “Death To Infidels Tour” e tem executado somente músicas de seus 2 últimos registros de estúdio, o bom “Warriors Of The World” e o fraquíssimo “Gods Of War” o que já causou apreensão da minha parte e dos meus amigos.

A banda é formada por Eric Adams (Vocal), o folclórico Joey DeMaio (Baixo), Karl Logan (Guitarra) e Donny Hamzik (Bateria) que está substituindo o baterista Scott Columbus nesta turnê.

Eram 22:30 hs quando o Manowar entra ao palco e começa o show com “Hand of Doom” já emendando com “Call to Arms “ e a balada “Swords in the Wind”. Na sequencia o guitarrista Karl Logan é deixado sozinho no palco para fazer o seu solo de guitarra (totalmente desnecessário). Depois atacam com mais algumas músicas até que o baixista Joey DeMaio fica sozinho no palco e começa o seu tradicional discurso e desta vez arranhando algumas frases em português, prometendo que virão ao Brasil com mais freqüência à partir de agora. Neste ponto do show DeMaio chama um fã ao palco, pede para ele tirar a camiseta do Iron Maiden que vestia (chegando até a fazer uma ofensa ao Maiden chamando os de "false metal"), dá cerveja e uma guitarra e chama umas dançarinas (contratadas) ao palco para começar o momento “putaria” do show. Confesso que acho muito engraçado isso e em todo show do Manowar isso ocorre. Com toda essa galera em cima do palco eles executam a música “Die For Metal” (Disparado a melhor do ultimo disco).

Terminado esse momento a banda executa mais alguns sons, Joey DeMaio faz o seu tradicional solo de baixo (tradicional mas também desnecessário) e até que tocam “ Warriors Of The World”e “House of Death” (ambas do penúltimo disco), sendo pra mim o melhor momento do show. Logo depois executam “King of Kings” e encerram o show com “Army of the Dead” rolando no PA.

Enfim...para finalizar eu achei o show DECEPCIONANTE pois o mais próximo que chegaram de tocar algum clássico foi quando executaram “Warriors Of The World” e esta não é nem de longe uma das melhores músicas da banda. Concordo que os caras tem que promover seu ultimo trabalho, mas como eu disse antes, que o show fosse pelo menos uma mistura dos clássicos com músicas novas (de preferência as melhores). Poderiam ter trocado o tempo gasto com os solos pra tocar pelo menos “Battle Hymn” (Eu já me daria por contente com esta música). Por conta disso, muitos fãs deixaram o local do show antes do fim e lá fora a opinião era unânime. O show foi uma MERDA. O Manowar não é uma banda ruim, muito pelo contrário, mas acho que desta vez eles deram um tiro no próprio pé (no caso deles uma espadada) com esta apresentação e se for para fazer esse tipo de show no futuro nem precisa cumprir a promessa de voltar com mais freqüência.....

Set List:
1. Hand of Doom
2. Call to Arms
3. Swords in the Wind
4. Solo Guitarra (Karl Logan)
5. Let The Gods Decide
6. Die For Metal
7. The Sons of Odin
8. Sleipnir
10. Screams of Death
11. Solo Baixo (Joey DeMAio)
12. God or Man
13. Loki God Of Fire
14. Thunder In The Sky
15. Warriors of the World
16. House of Death
17. King of Kings
18. Army of the Dead