data-ad-client="ca-pub-9371512119858190" data-ad-slot="5580438127" data-ad-format="link" data-full-width-responsive="true">

Scorpions em João Pessoa/PB

Publicado em 15/09/2010
SCORPIONS
11 de setembro de 2010
Sun Rock Festival, no estádio Almeidão

Por Ascom e Ivete Quintela
Fotografia: Stephanie Quintela
www.nortefest.com.br


A banda Scorpions se apresentou no último sábado em João Pessoa. O vôo da Aviança Internacional, da Colômbia, trouxe o grupo à Capital na madrugada dessa sexta-feira (10), aterrissando no aeroporto Castro Pinto por volta da meia-noite. Seis carros aguardavam a comitiva na pista do aeroporto, mas antes de partir para o hotel, os cinco integrantes da banda alemã, que se apresentou no último sábado (11), no palco do Sun Rock Festival, no estádio Almeidão, falaram rapidamente com a imprensa local.

Klaus Meine (vocal), Matthias Jabs (guitarra), Rudolf Schenker (guitarra), PaweÅ‚ MÄ…ciwoda (baixo) e James Kottak (bateria) chegaram um pouco cansados, mas extremamente descontraídos. Falaram da turnê, que começou em março, no Leste Europeu, já passou pela América do Norte e agora chega ao Brasil e América Latina.

Um dos fatos marcantes do show foi o convidado especial para dividir o palco, o vocalista da Banda Sepultura, Andreas Kisser.

“Nós estamos muito felizes por voltar ao Brasil e pouco antes de pousarmos, nos contavam que João Pessoa é um lugar muito bonito e tem as praias mais bonitas do país e nós estamos muito ansiosos para tocar neste sábado neste grande festival”, declarou o vocalista Klaus Meine.

O guitarrista Rudolf Schenker disse que a banda mostrou, neste sábado, os grandes clássicos, os grandes hits e algumas músicas do novo álbum Sting In The Tail. “Estamos aqui para celebrar nossa última turnê mundial, Get Your Sting and Blackout World”.

Klaus Meine disse que eles ainda não sabiam o que iriam fazer depois que a turnê acabasse. “Neste momento, a gente não pensa muito nisso. Nós dissemos: -Esta é nossa última turnê, nosso último álbum, nós ficaremos na estrada pelos próximos dois, três anos, não apenas promovendo nosso novo álbum, Sting In The Tail, mas também para celebrar 40 anos do Scorpions, então isso é uma celebração, não é algo do tipo ‘adeus, Brasil’. Então vamos fazer a festa acontecer! É isso que a gente pensa neste momento”.

Um dos jornalistas lembrou que a estréia do Scorpions no Brasil foi através do primeiro Rock in Rio e perguntou se eles gostariam de voltar para a quarta edição do evento, anunciada para o ano que vem. “Por que não?!”, rebateu o guitarrista Matthias Jabs. “Fizemos o 1º Rock in Rio, não teríamos problemas em fazer outro”.

O grupo contou que gostaria de ir à praia neste sábado. “Nós ouvimos que vocês paraibanos têm as melhores praias, estou certo?!”, disse o entusiasmado Rudolf Schenker. “Vai ser Scorpions contra tubarões”, brincou!

(Ascom)

Quarenta anos de palco já dizem tudo sobre o profissionalismo da banda Scorpions ao subir no palco do primeiro dia de Sun Rock Music Festival, este sábado (11), em João Pessoa. Quase pontuais, os músicos alemães começaram o show às 21h40, apenas 10 minutos depois do programado..

Este foi o primeiro show no Brasil da turnê "Get Your Sting and Blackout World”, que o grupo promete ser a última. Porém, em entrevista no desembarque no aeroporto, a banda aliviou os fãs declarando que prefere não pernsar no fim, e apenas curtir os três anos de shows que ainda tem pela frente.

Os músicos sessentões mostraram que estão em plena forma. Além da disposição e energia no palco, prova disso é a agenda apertada, com shows em quase todos os dias desta semana por vários países da América Latina.

Da Paraíba, os alemães seguem para Buenos Aires (Argentina), onde fazem show na segunda-feira (13), Santiago do Chile (14), La Paz/Bolívia (16), e retornam ao Brasil para tocar em São Paulo (18 e 19), Curitiba (21), Brasília (22) e São Luís (24).

O show

Os Scorpions prometeram e realmente cumpriram: sacudiram João Pessoa como um furacão, numa alusão a uma de seus maiores sucessos, a música "Rock You Like a Hurricane". Apesar de trazerem no set list muitas músicas do CD novo, "Sting in The Tail", o grupo tocou e cantou hits saudosos, como "Wind Of Change".







As mais aguardadas pelo público ficaram para o bis: "No One Like You" e "Rock You Like a Hurricane", que fechou o espetáculo. Esta última teve participação especial de Andreas Kisser, do Sepultura, adicionando à música o som pesado de sua guitarra. A parceria já aconteceu outras vezes. Em 2008, em Recife, Kisser abriu o show de Scorpions. No Sun Rock, os alemães o convidaram a tocar a última música o elogiando e se declarando admiradores do brasileiro.







Uma das características marcantes do show foi a interação da banda com o público. O palco permitiu uma boa aproximação com os pagantes da pista premium. Para quem estava mais atrás ou nas arquibancadas, ficou a satisfação de ouvir o vocalista Klaus Meine arranhar um pouquinho no Português falando agrados como "obrigado" e até um "João Pessoa, there's no one like you" ("não há ninguém como vocês"), em outra referência a uma música. Os músicos também declararam, em Inglês, o quanto a banda gosta de tocar no Brasil.