data-ad-client="ca-pub-9371512119858190" data-ad-slot="5580438127" data-ad-format="link" data-full-width-responsive="true">

Cannibal Corpse, Suicide Silence e TBDM em São Paulo

Publicado em 11/12/2011


CANNIBAL CORPSE, SUICIDE SILENCE e THE BLACK DAHLIA MURDER
Carioca Club - São Paulo/SP
03 de dezembro de 2011

Por Cyntia Marangon


No último sábado, dia 03 de dezembro aconteceu no Carioca Club, mais um evento dedicado ao público do metal. O festival contou com a participação da banda brasileira Hutt como banda de abertura, além das bandas The Black Dahlia Murder, Suicide Silence e Cannibal Corpse, todas norte-americanas.

Claro, havia uma certa divergência no público, muitos ficaram preocupados se ocasionaria algum tipo de confronto entre os fãs, mas obviamente apesar de alguns não gostarem de alguma banda ou terem ido somente para verem o que lhe mais interessavam, não tivemos nada do tipo. Aliás, nada mais além do que um grande circle pit, que foi formado durante a apresentação das bandas, aonde a galera praticamente se acabou!

Enfim, a casa abriu no horário previsto e sem nenhum atraso a banda Hutt subiu ao palco e interagiu com o público mostrando um repertório bem agressivo, pois trata-se de uma banda de grindcore. E neste exato momento o público começou a montar um grande circle pit ao centro fazendo com que a apresentação da banda brasileira ficasse registrada.

Assim como foi divulgado, os horários das apresentações das bandas foram seguidos a risca e os norte-americanos do The Black Dahlia Murder subiram ao palco por volta de 17h30min. A banda está divulgando o seu último trabalho “Ritual” e tem como formação Trevor Strnad nos vocais, Brian Eschabach na guitarra, Ryan Knight na guitarra, Shannon Lucas na bateria e Ryan Williams no baixo. Eles pareciam não acreditar na insanidade do público brasileiro e pediam o tempo todo para que todos agitassem e interagissem em todas as músicas.

No entanto, não bastou a apresentação do The Black Dahlia Murder para conter os ânimos, e mais uma pancada subiu ao palco. Outra banda norte-americana a Suicide Silence subiu para sua apresentação.

O intervalo dentre as bandas estava sendo rigorosamente cumprido. Enfim, a insanidade continuou, e parece que dessa vez o publico estava mais eufórico! A banda também esta divulgando o seu último trabalho intitulado “The Black Crown”, além de tocarem outros clássicos em seu set list, fez com que a galera entrasse num clímax único, sendo que até mesmo (acreditem se quiser!) uma fã se apoiou e tirou a blusa para que todos vissem seu sutiã rosa de bolinhas pretas (risos). Os americanos pareciam loucos, corriam de um lado a outro do palco, realmente o publico brasileiro se mostra único nessas horas. A banda formada por Chris Gaza na guitarra, Mark Heylmun na guitarra, Dan Kenny no baixo, Alex Lopez na bateira e o louco Mitch Lucker nos vocais, mostraram que apesar do rotulo que carregam, por serem uma banda nova considerada “New Wave American Metal”, surpreenderam o publico com o seu trabalho, e com toda a agressividade que possuem e até mesmo quem dizia não gostar muito começou a vê-los com outros olhos a partir dessa apresentação.

E sem mais delongas a banda principal da noite, os oitentistas veteranos do Cannibal Corpse subiram ao palco para mais uma vez arrancar gritos e insanidade do publico brasileiro. A banda ainda continua com a mesma formação da ultima apresentação ocorrida no país, Pat O`Bren na guitarra, Rob Barret na guitarra, Alex Webster no baixo, George “Corpsegrinder” Fisher nos vocais e Paul Mazurkiewicz na bateria. E vem divulgando o seu último trabalho lançado em 2009 "Evisceration Plague”. Claro que os clássicos não faltaram como “I Cum Blood”, “Make Them Suffer”, “Hammer Smashed Face” dentre outras. O set foi bombástico e matador, quem esteve presente pode conferir e com certeza não saiu frustrado. A casa estava praticamente lotada, muito calor eu confesso, mas isso não tirou a animação e a empolgação de curtirem mais uma vez esses americanos de Buffalo (EUA). Sem falar nas constantes viradas de pescoços de Corpsegrinder, que a cada dia fica maior.
Contudo, foi um super festival, de excelente organização, agradando os diferentes públicos, por mais que não sejam tão diferentes assim...

Quem esteve presente pode curtir e aproveitar uma noite que com certeza ficara na memória, e para os que não foram, não percam na próxima vez!

Set List The Black Dahlia Murder:
A Shrine to madness
Everything went black
A vulgar Picture
Moonlight Equilibrium
Malenchanments of the Necrosphere
Statutory Ape
Necropolis
Carbonized in Cruciform
Death Mask Divine
Miasma
I Will Return

Set List Cannibal Corpse
Evisceration Plague
The time to kill is now
Disfigured
Death Walking Terror
I Cum Blood
Sentenced to Burn
Gutted
Fucked with a Knife
Covered With Sores
Born in a Casket
The Wretched Spawn
I Will Kill you
Priests of Sodom
Unleashing of Bloodthirsty
Make them Suffer
Devoured by Vermin
A Skull full of Maggots
Hammer Smashed Face
Stripped, Raped and Strangled.



Hutt


The Black Dahlia Murder


The Black Dahlia Murder


Suicide Silence


Suicide Silence


Suicide Silence


Cannibal Corpse


Cannibal Corpse


Cannibal Corpse


Cannibal Corpse


Cannibal Corpse